Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Jundiaí e Região Copyright © 2008 - Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Jundiaí e Região - Todos direitos Reservados ALTERAÇÃO DA DATA BASE E AUMENTO SALARIAL Com a finalidade de uniformizar a data base da categoria “cultura diversificada e  pecuária” no Estado de São Paulo, as partes estabelecem que a data-base passará de  1º de OUTUBRO para em 1º de FEVEREIRO, a partir de 1º de FEVEREIRO de  2015, razão pela será prorrogada a vigência do presente acordo coletivo nos termos  da cláusula 21º supra.  PARAGRAFO PRIMEIRO – Os salários dos trabalhadores abrangidos pela presente  convenção coletiva de trabalho, serão aumentados em 8,28% da seguinte forma:  a) - Em 6,22% a partir de 1º de Outubro de 2013 sobre os salários vigentes em 01 de Fevereiro de 2013; b) - Em 2,06% a partir de 1º de Fevereiro de 2014 também sobre os salários vigentes em 1º de Outubro de 2013. CLÁUSULA SEGUNDA: O salário normativo ou piso salarial da categoria dos  trabalhadores rurais será de R$ 770,00 (setecentos e setenta reais), a partir de 01 de  Outubro de 2013. A partir de 1º de fevereiro de 2014, em razão da alínea “b” do  paragrafo primeiro da cláusula anterior, o piso salarial passará a ser de R$ 785,00   (setecentos e oitenta e cinco reais). No caso de salários/hora deve ser adotado o  piso/hora pela divisão por 220 horas.   OBS: A partir de 01/01/2014, o salário mínimo rural passa a ser de R$ 810,00, para  quem ganha acima do piso a partir de 01/02/2014, terá mais 2,06% de aumento.  Lembrando que os Trabalhadores do Estado de São Paulo não podem receber menos  que o piso, lembrando ainda que o próximo aumento só será em Fevereiro de 2015.